sábado, 27 de abril de 2013

Um pouco da feira da Reatech


Olá pessoal! Vou deixar para vocês um vídeo que mostra um pouquinho das novidades  que foram mostradas na REATECH...
Retorno a dizer que na próxima feira, quem tiver condições de ir, vale a pena, é um lugar amplo, apropriado para as pessoas com deficiência, têm muitos andantes, cadeirantes, enfim, pessoas com ou sem deficiência!

http://www.youtube.com/watch?v=9NS2RhbTkEc



É um vídeo curto, mas dá pra gente ter uma noção do que é essa feira e de sua importância também... Pena que o custo desses produtos sejam tão altos, impossibilitando assim da maioria poder adquirir essas novidades tão necessárias para as pessoas com deficiência.

Um abraço a todos com carinho
Preta Simone

sábado, 20 de abril de 2013

XII REATECH

Queridos leitores! Hoje queria falar um pouquinho sobre a  REATECH, uma grande feira de negócios com produtos e serviços para as pessoas com deficiência...
É uma feira que acontece todos os anos, em SP e tem sido o maior sucesso. Lá se encontra novidades acessíveis para as pessoas com deficiência, sempre visando numa melhor qualidade de vida...


A XII Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade foi aberta ao público nesta quinta-feira 18 de abril e vai até 21 de abril, no Centro de Exposições Imigrantes em São Paulo. Trouxe 300 expositores, que apresenta as novas tecnologias acessíveis, produtos e serviços para pessoas com deficiência, em uma área de 32 mil metros quadrados, tendo como estimativa de público 50 mil visitantes.


Durante a Reatech, serão apresentados alguns lançamentos: Spin primeiro veiculo de passeio para transporte de cadeirantes; Cadeira Reveal, possui material respirável no assento e encosto, evitando a proliferação de fungos no tecido da cadeira de rodas. O encosto apresenta ainda sistema de amortecimento para coluna vertebral. Outro diferencial, é que o formato de sua armação oferece ampla estabilidade ao cadeirante; Almofadas Matrx, projetadas para proporcionar posicionamento estável, conforto e proteção ao usuário e estão disponíveis em vários modelos e tamanhos, fabricados com composição de materiais e arranjos diferentes, para atendimento das necessidades do usuário; Encostos Matrx foram desenvolvidos a partir das mais atuais tecnologias disponíveis no mercado, atendendo às mais variadas necessidades de posicionamento e, também, de prevenção. Além de oferecerem fácil manuseio para se colocar e tirar da cadeira de rodas; Easy Mob, desenvolvido para auxiliar o usuário a se deslocar com maior autonomia e segurança, devido a um exclusivo mecanismo redutor de esforço, que favorece o deslocamento da cadeira de rodas em áreas onde a progressão é dificultada, como rampas, grama, terra, etc. além de travar a cadeira para evitar a descida acidental, de costas; Balança para cadeirantes, facilita a pesagem do cadeirante e/ou cadeira de rodas e mais...


Confira a reportagem do SPTV


http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/sptv-2edicao/t/edicoes/v/adaptacao-de-carros-e-destaque-na-feira-internacional-de-tecnologias-em-reabilitacao/2525118/

Espero que tenham gostado e quem puder ainda podem aproveitar para conhecer essas novidades de perto!

Um abraço a todos
Preta

sexta-feira, 5 de abril de 2013

A importância de se lutar pelos seus direitos

Amados leitores...
Hoje eu vou compartilhar com vocês uma história linda de uma Irlandesa  chamada Joanne O'Riordon... Uma adolescente de 16 anos que não tem os membros inferiores mas, soube mostrar para o mundo a importância de lutar pelos nossos direitos...

                   Quando ela era apenas um bebê, seus pais foram a um conhecido programa de televisão para falar sobre como a grave deficiência da filha – a garota não tem braços nem pernas – não havia abalado sua confiança de que ela teria um grande futuro.
Agora, Joanne tornou-se porta-voz da luta pelos direitos das pessoas com deficiência na Irlanda. A menina voltou a ganhar os holofotes da mídia quando postou um vídeo na internet – que se tornou viral – em que o atual primeiro-ministro irlandês, Enda Kenny, prometia a ela que não faria cortes nas ajudas financeiras e nos serviços oferecidos aos deficientes.
A questão é que o corte dessas ajudas foi justamente uma das primeiras medidas anunciadas por Kenny para lidar com a crise fiscal no país. Logo após o anúncio do pacote de cortes, Joanne não só publicou o vídeo na web como enviou uma carta ao jornal “Irish Examiner” expressando seu desapontamento.

A história repercutiu tão negativamente que o governo foi obrigado a voltar atrás na medida. Depois disso, Joanne foi convidada por programas de TV para contar sua história e falar sobre os direitos dos deficientes.
Com um discurso que a imprensa local descreveu como eloquente e cativante, e uma determinação notável e de grande senso de humor, a menina conquistou o público irlandês e causou um grande impacto nas mídias sociais. Disse Joanne:
- Pensava que o meu seria só mais um protesto varrido para debaixo do carpete... Coisa de um dia.

Vida com deficiência:
Hoje, a adolescente frequenta uma pequena escola secundária, mas em 2014 irá para a universidade, onde quer estudar jornalismo.
Para a menina, o mais difícil de sua deficiência é o fato de que não pode fazer nada sozinha. Disse a jovem:
“- Agora que estou ficando mais velha, às vezes quero arrumar o cabelo e fazer uma maquiagem. Outro dia, quando ia a uma festa, tive de esperar que minha irmã chegasse para me ajudar.”
“Não posso simplesmente fazer minhas coisas, como me jogar no sofá com o controle remoto para ver TV.” 

Em abril de 2012, Joanne participou de um evento na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York, em que falou sobre o papel da tecnologia em sua vida.
No fim do discurso, ela pediu aos especialistas que estavam na plateia para desenvolver um robô que lhe desse mais autonomia. Agora, técnicos ligados à empresa Apple e ao Massachussetts Institute of Technology (MIT) têm visitado a jovem irlandesa para entender melhor quais são suas necessidades.
Joanne usa tecnologia todos os dias. Ela opera seu celular e laptop com a boca, o nariz ou a parte de braço que tem. Segurando uma caneta com os lábios, a garota diz que pode escrever 36 palavras por minuto no teclado.
Em 2012, a menina ganhou o prêmio de Jovem Pessoa do Ano na Irlanda. E este ano, seu irmão, Steven, deve lançar um filme sobre ela. Steven já é um documentarista de sucesso na Irlanda, mas, cada vez mais, os moradores do país se referem a ele como “o irmão de Joanne”.

Fonte: G1

Bom pessoal é mais um grande exemplo dessa jovem que com certeza vai muito longe ainda, pq força de vontade e garra pra lutar pelos seus direitos não lhe faltam!!!
Um abraço a todos
Preta Simone
    
             
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...